Mestre Laurentino

Ontem estavamos eu e Renato Gimenes passeando pelo Reduto quando vi de longe aquela figura inconfundível. A bem da verdade, fiquei com certa dúvida, mas quando olhei para os dedos ornados de anéis, já sabia: era Laurentino!
Ele logo trata de explicar seu abatimento: a mão ressecada pelo frio que passou no último tour com o Coletivo Rádio Cipó pela Inglaterra e França acabaram com ele! Eram camadas e camadas de roupas, meias, gorro, máscara... Mestre Laurentino confessa nunca ter vestido tanta roupa!
Quantos aqui sabem que ele nasceu meia hora depois da meia noite do dia 1º de Janeiro? Sim, o que significa que esse esse jovem estará de parabéns amanhã. Dizem que são 85 anos, mas eu desconfio que é, no máximo, uns 30...
Mestre Laurentino é o mais antigo roqueiro do Brasil. Desculpe-me por acabar com a lenda de que o Serguei seja o roqueiro mais velho: ele soube aproveitar a mídia, coisa que o nosso Mestre não teve acesso. E acredito que a Janis Joplin também não fosse o tipo de Laurentino...
Um de seus maiores sucessos é a Loirinha Americana, um rock'n roll autêntico, estilo 1950, que foi regravado com o Coletivo Rádio Cipó:

Laurentino estava passeando, revendo a vizinhança de sua infância, e falou de Maria Annunciada Chaves, cuja casa eu e Renato havíamos ido fazer um levantamento. Um bom papo, mesmo em pé, na calçada da travessa Rui Barbosa! Mas outros momentos mais confortáveis me proporcionaram o prazer de conversar com Mestre Laurentino. Que vitalidade tem esse rapaz! Que disposição para tantas esperas em ante-salas de secretários de cultura, produtores culturais, patrocinadores...

Há alguns meses vi Laurentino no Faustão, mas ele merece mais. O Brasil precisa reconhecer seu valor - não por sua idade, mas por sua competência e alma de artista, tocando sua gaita, cantando e dançando - e se possível conhecer o homem João Laurentino da Silva, que é uma companhia impagável.
Eu não descobri Laurentino, o Pará não inventou o Mestre. Já em 2000, Hermano Vianna no seu projeto Música do Brasil já havia destacado sua Lourinha Americana, que foi também gravada por Gilberto Gil e Mundo Livre S/A.
Que pavulagem, Mestre! Um aniversário com uma festa tão grande!
Nada melhor para começar o ano que comemorar a renovação da vida de forma tão gostosa, quer ouvindo a Lourinha ou outros de seus sucessos: "Aroeira", "Miss ampli" e "Vale de São Fernando"! Celebrar a vida com quem sabe viver!
Parabéns Mestre! Muitas felicidades e muitos anos de vida!

Comentários

ElderF. disse…
Mestre Laurentino é nosso "moreninho paraense". Tive a oportunidade de ver o trabalho dele na tv cultura, mas pude vê-lo ao vivo no Hangar, é um verdadeiro artista.
A. ANDRADE disse…
Bom ano novo! Que você tenha muito mais que duas mil ideias!

Postagens mais visitadas