Simples assim!

Observatório de Políticas do Patrimônio Cultural.
O que seria isso?

A idéia vem do CRISOL - Pesquisas e Estudos Culturais: Patrimônio & Memória, da Universidade Federal do Maranhão.
Considerando que existem vários projetos efetivos de intervenção em sítios históricos urbanos ou em aglomerados que os contém, devido às necessárias adaptações e obras nas cidades sedes da Copa do Mundo de 2014, o Observatório seria um agente de pesquisa e análise crítica dessas intervenções, que terão, por certo, bem foco próprio e bem diferente das intenções dos que visam a preservação da memória.
Surgirão novos elementos e conjuntos arquitetônicos, e valorações diversas sobre estes.
FONTE: Fotolog

Por conta da Copa 2014 já existem, efetivamente, questões anunciadas, como a demolição do antigo Museu do Índio, no entorno do Maracanã, para dar lugar a um estacionamento mais adequado. Leiam aqui, aqui ou aqui. Observem que, na foto acima, a grande área corresponde à ataul localização do Estádio Mário Filho, quando ali ainda era o Derby Clube. O edifício do Museu do Índio, construído na década de 1910, abrigava o centro de veterinária do Exército.
FONTE: www.rioquepassou.com.br

O blog do CRISOL é objetivo:
"Creio que esse processo está cada vez mais acelerado, e intensificado agora, com a decisão do COI em realizar as Olimpíadas no Rio (2016). Será uma década de intervenções na cultura e no patrimônio brasileiro, como nunca testemunhamos - algo sem precedentes. Sinto que o momento é esse, de criar o nosso Observatório das Políticas do Patrimônio, com o apoio da ABA. No momento em que se (re-)edita o Programa Monumenta (PAC Cidades Históricas), precisamos estar atentos as decisões e as políticas do Governo - que tem afirmado que é 'política de Estado' (precisamos confirmar isso, com pesquisas). A sociedade civil necessita de instrumentos teóricos e metodológicos para avaliar estas intervenções, e nós podemos oferecer algumas ferramentas. O Observatório (-Laboratório) pode ser o nosso canal, além das publicações e eventos acadêmicos.
Trabalho sério, com base científica, metodologia séria, para que possamos fortalecer um discurso homogêneo na área. Oxalá tudo dê certo!

Comentários

Alexandre Correa disse…
Postei um esboço preliminar do projeto do LOAPPC, encaminhado ao GTPC da ABA. Oxalá consigamos realizar esse trabalho. Valeu pelo apoio!

Postagens mais visitadas