O primeira vez a gente nunca esquece!

E se na primeira vez, eram cinco, e mais um agregado? Sim, assim aconteceu comigo!
A primeira vez que tive estagiários, eu estava assumindo uma chefia sem subordinados. Minha equipe se resumia apenas a eles: três de arquitetura e um de engenharia. E mais o tal agregado, também de arquitetura. Na verdade, o Alexandre tinha outros interesses que não passavam pelo estágio, mas sim numa das estagiárias!
Natasha, Deniverson, Estefany eram estudantes de arquitetura; Murilo e Júnior, de engenharia civil. Naquele momento eles tinham uma sede por conhecimento, uma vontade tão grande de aprender, que me consumiam além das demandas e responsabilidades do trabalho na Divisão de Estudos e Pesquisas do DEPH/FUMBEL! Creio ter sido uns dos momentos profissionais mais tensos e recompensadores da minha vida. Eu tinha que ser múltipla, tanto na linguagem quanto no trato das relações, que iam do Ministério Público ao velho proprietário do casarão; dos estagiários aos arrogantes "donos-do-mundo"! E foi esse grupo de aprendizes que mais me deram satisfação, ao ponto de me alcunharem de "mãe": e assim me chamam até hoje.
Foi com esse carinho que recebi hoje os telefonemas da Nat e do Deni me convidando para a missa de formatura na Basílica de Nazaré. O que eu mais queria era chegar em casa cedo e dormir, mas não podia deixar de passar para dar um abraço neles.
Fiquei sem graça quando a Natasha me chamou e disse: "mãe, essa aqui é minha mãe!" E na hora que ela me chamou pois queria tirar a foto com a outra família dela, ao lado do Deni e Alexandre! A Fany não chegou de Santarém, então fui intimada a não faltar ao culto que acontecerá daqui a alguns dias, senão o ciúme pode ser fatal! Logo ela, que foi minha estagiária também quando fui para a Secretaria de Cultura do Estado!

Sim, meus "filhotes" estão se formando! Amei chamá-los de colegas, e não mais de filhos. Adorei estar ao lado do Deniverson fazendo, pela última vez, o papel de mãe, já que ela é de fato sua paraninfa, mas não estava presente.
Sei o quanto eles são capazes. Vejo neles talentos que, acredito, nem eles se atentem. Reconheço neles muito do que já tinha esquecido de mim mesma, além de visões apaixonadas que me estimulam a renovar.
Colegas, sucesso, que vocês merecem!
Filhotes, a mamãe ama vocês!

* Quando a Natasha colocar as fotos no Orkut, essa postagem terá uma bela foto!

Comentários

Natthy disse…
Mãeeee

Adorei o post ^^
Muito obrigado por ter ido a todos os eventos, mesmo sendo avisada super em cima da hora!

Ah, nós é que agradecemos por ter encontrado vc em nossos caminhos!!

Bjinhos


Ps.: tem mais fotos no orkut, da solenidade... até amanhã termino de postar as que faltam.

Postagens mais visitadas