Portada do Baenão

O tombamento do Estádio Evandro Almeida está em análise no DPHAC. Bem sabemos as questões políticas e econômicas que tangem este processo, enão nos cabe considerá-las numa análise de mérito quando falamos em valores culturais. De fato, o que temos no Baenão, como é conhecido o estádio do Clube do Remo, é uma estrutura física de pouco valor, inclusive com comprometimentos estruturais. Contudo, a portada do estádio, antiga e preservada, está lá e é elemento referencial e simbólico de qualquer clube, conforme temos vários exemplos no Brasil e no mundo.

Comparando-se com o que temos atualmente, a única alteração é a ausência do telheiro que cobria o acesso que, inclusive, se existisse ainda, seria passível de demolição de acordo com a legislação urbanística de Belém, por se projetar sobre o passeio.

Encontramos, durante os estudos para o tombamento alguns bons exemplos de preservação e valorização de portadas, como o da Sociedade Esportiva Sanjoanense, que gostaria de comapartilhar com todos vocês.

É claro que o futuro uso da área será distinto do uso esportivo, porém, acredito que a portada art-decó do antigo estádio Evandro Almeida - também conhecida como "Carrossel" - poderá muito bem ser incorporada, mantendo-se como referência de memória do mais antigo estádio do Pará.

Comentários

rafael disse…
essa foto do baenão atual,foi eu o fotografo. mas voce alterou a imagem.

creditos pela imagem: rafael lima

Postagens mais visitadas