Memória do Mundo no Arquivo Público do Estado do Pará

Recebi da minha amiga Ethel Soares a notícia de que o Fundo Secretaria de Governo da Capitânia: período colonial do Brasil - 1649-1823, do Arquivo Público do Estado do Pará foi reconhecido com o título da UNESCO de "Memória do Mundo".
Nas palavras da Ethel:

"Esta é mais uma vitória do Arquivo Público do Estado do Pará, nesta gestão. O Selo Memória do Mundo dará muitas oportunidades para esta APEP desenvolver seus projetos de Preservação Documental. A grande importância deste selo não deve passar desapercebido.
Parabéns João Lúcio. Toda a equipe do Arquivo comemora essa Vitória.
Agora é arregaçar as mangas e trabalhar ainda mais para a Preservação da Memória da Historia da Amazônia."

Este reconhecimento nos deixa com um sentimento ambíguo, pois junto com o seu valor há também a sua caracterização de risco. Mas, de qualquer forma, a visibilidade deste acervo é crédito da equipe do Arquivo Público do Pará, ligado à Diretoria de Patrimônio da Secretaria de Estado de Cultura, diretoria esta a qual o Departamento de Patrimônio Histórico, Artístico e Cultural está subordinado e pela qual me orgulho. Sinceramente, a campanha eleitoral poderia estar com outro fôlego se tivesse dada maior visibilidade à produção técnica da SECULT.
Outros documentos também constam neste rol, como "Viagem Filosófica": expedição científica de Alexandre Rodrigues Ferreira nas capitânias do Grão-Pará, Rio Negro, Mato Grosso e Cuiabá - 1783-1792, provisionado na Fundação Biblioteca Nacional/Museu Nacional.
Muito me alegra a atenção a este acervo, que acredito trará informações preciosíssimas para a compreensão da construção do espaço e da história em suas relações na Amazônia e especialmente no estado do Pará.

Comentários

Amanda Pinto disse…
Bons ventos!
Que mais reconhecimentos desse tipo sejam feitos. O Estado só tem a lucrar com isso.
;**
Jussara disse…
Assisti há pouco tempo uma palestra desta Técnica Ethel em preservação documental na feira do livro. Ao ouvi-la falar foi um ânimo para todos que assistiram. Ela não só mostrou o quanto domina o tema como também o quanto é generosa em passar seu conhecimento aos outros. Por isso o Arquivo Público do Estado está de parabéns não só pelo Selo de Memoria do Mundo, mais se toda a equipe for da qualidade desta moça então mais uma vez o Arquivo está de parabéns. Esperemos que o próximo que vier dê o devido valor a esta equipe.
Jussara Dias - Bibliotecária

Postagens mais visitadas