De que é feito o Círio de Nazaré?

O Círio de Nazaré é feito de fé, mas principalmente de festa.
É o momento do encontro: do homem com sua crença, do belenense com seus hóspedes, do povo com sua identidade...
É o momento de sacrifício: do promesseiro na corda, do devoto de joelhos, do cozinheiro mexendo o panelão de maniçoba por sete dias, daquele que sem recursos prepara um banquete...
É o momento da transcendência: da transmutação de cera em milagre, da corda em santa, de samba em ode divina, de festa em oração...
O Círio é feito de milhares de peregrinações nas comunidades, de multidões acompanhando a Imagem Peregrina, de carro, de barco, de moto...
Milhares de pessoas que, segundo Dalcídio Jurandir, sublimam as diferenças em outras comemorações, como o Auto do Círio, o Arrastão do Arraial do Pavulagem, na Festa das Chiquitas, do Ita no arraial de Nazaré, configurando nosso Carnaval Devoto...
São pessoas que trabalham, que brincam, que comem, que bebem, que se fazem vaidosas...
O Círio é feito de gente, que ama, que se dedica, que luta, que quer ser feliz. De fios que se costuram de forma caótica e bela.

Comentários

o círio, de tão belo e forte... não se descreve, apensa se vê e crê.
Igor T. disse…
Quero um dia estar em Belém só para ver de perto, ou melhor, estar no meio dessa linda celebração. Um dia.

Postagens mais visitadas